Orçamento do Estado

PS propõe alteração ao OE para aumentar pensões

Loading...

A medida deverá custar cerca de 200 milhões de euros.

O PS propõe que o Governo gaste cerca de 200 milhões de euros a mais do que o previsto no Orçamento do Estado para 2023, para compensar os pensionistas pela perda de poder de compra. Contudo, a inflação ainda não estabilizou, o que poderá vir a tornar-se um problema no próximo ano.

“A revisão decorre do que foi a promessa. A promessa era que, com aquela meia pensão que foi entregue este ano, por conta do próximo ano, e mais o aumento salarial, que isso correspondesse ao aumento legal”, recorda Luís Aguiar-Conraria, economista e comentador da SIC.

O Orçamento do Estado foi redigido com base numa taxa de inflação de 7,4% este ano. Todavia, em outubro a inflação disparou para os 10,1% e, por isso, o PS sugere medidas para compensar os pensionistas.

Atenta-se para o facto de que esta compensação de perda de poder de compra dos pensionistas poderá custar entre 150 e 200 milhões de euros. O PS acredita que há condições para que seja acomodada no OE 2023.

As votações na especialidade da proposta de Orçamento do Estado arrancaram esta segunda-feira, com os deputados a debaterem e a votarem mais de 1.800 propostas.

Últimas Notícias
Mais Vistos