Mundo

Ex-presidente da Renault/Nissan dá conselhos a quem queira fugir em segredo

Ex-presidente da Renault/Nissan dá conselhos a quem queira fugir em segredo

Carlos Ghosn deu uma nova entrevista ao lado da mulher, que também confessou que ficou feliz por o marido ter conseguido fugir do Japão.

Carlos Ghosn, que deveria ser julgado em Tóquio, fugiu do Japão no dia 30 de dezembro num jato privado que aterrou no aeroporto de Atatürk, em Istambul.

Da Turquia a magnata seguiu para o Líbano onde já tinha dado uma outra conferência de imprensa sobre o imbróglio jurídico e a fuga secreta do Japão.

Agora, no Líbano e ao lado da mulher de quem foi separado no início do processo judicial em Tóquio, Carlos Ghosn até falou da mala onde se suspeita que tenha fugido do aeroporto de Osaka para a Turquia. Agora no Líbano, Carole Ghosn admite até que ficou feliz por o marido ter conseguido fugir.