País

Chega afirma que "chegou a altura de tomar verdadeiras medidas de descentralização"

Diogo Pacheco de Amorim refere-se ao projeto do PSD, de transferir o Tribunal Constitucional de Lisboa para Coimbra.

Chega mostrou-se contra a medida proposta pelo PSD, de passar o Tribunal Constitucional de Lisboa para Coimbra. O deputado Diogo Pacheco de Amorim considera que essa transferência contribui para que "verdadeiras alterações não sejam feitas".

"Dezenas de anos passámos a centralizar ou a manter um país centralizado e chegou a altura de tomar verdadeiras medidas de descentralização e desconcentração".

O projeto de lei do PSD irá a votos na sexta-feira. O Partido Socialista e o Bloco de Esquerda já anunciaram que vão abster-se. A ideia de mudar a sede do Tribunal Constitucional para Coimbra foi avançada por Rui Rio há um ano.

VEJA TAMBÉM: