Coronavírus

OCDE alerta para consequências da pandemia no financiamento da Educação

JOSÉ COELHO / LUSA

Especial Coronavírus

As consequências negativas da pandemia de covid-19 podem vir a estender-se à Educação, não só no funcionamento das escolas, mas também no financiamento e internacionalização do ensino, alertou hoje a OCDE.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) publicou hoje a edição de 2020 do relatório "Education at a Glance", que este ano conta com um novo capítulo dedicado ao impacto da pandemia de covid-19.

Segundo a organização, ainda é cedo para prever quais as consequências negativas da pandemia no setor, mas os governos nacionais vão, certamente, "enfrentar decisões difíceis", desde logo na alocação de recursos.

Em Portugal, essa é uma questão particularmente preocupante, uma vez que, recorda o relatório, em 2017 a despesa do país na Educação já foi inferior à média da OCDE.

Mas não é só o financiamento público que pode vir a ser prejudicado.

"Com o aumento do desemprego, o financiamento privado também pode estar em risco. O impacto pode ser sobretudo severo nos países e níveis de ensino mais dependentes das despesas familiares", lê-se no relatório.

É o caso dos berçários e creches particulares que, segundo dados de 2018, são responsáveis por receber, em Portugal, 96% do total de crianças que frequenta estas instituições. Mesmo no pré-escolar, em que é menos frequente o recurso ao privado, apenas 53% das crianças estão em jardins de infância públicos.

Por outro lado, os efeitos da pandemia já se estão a fazer sentir na forma de funcionamento das escolas, que em todo o mundo estão a adaptar-se às novas regras de higiene e segurança sanitária.

"A reabertura das escolas no contexto da pandemia depende da capacidade de manter uma distância de segurança de um a dois metros entre alunos. Para os países com turmas mais pequenas, poderá ser mais fácil respeitar as novas restrições", refere o relatório.

Neste ponto, Portugal coloca-se em linha com a média da OCDE, com turmas compostas por uma média de 21 alunos no 1.º e 2.º ciclos.

Impacto na internacionalização do ensino superior

O relatório alerta ainda para o impacto previsto na internacionalização do ensino superior, e se Portugal se tem posicionado acima da média da OCDE em relação à quota de estudantes internacionais, poderá, por isso, estar também entre os países a quem a previsível redução mais afeta.

Esta é, aliás, uma possibilidade que já foi admitida pelo Governo, que decidiu transferir parte das vagas destinadas aos alunos internacionais para o concurso nacional de acesso ao ensino superior, que este ano contou com um número recorde de candidaturas.

Portugal com mais 3 mortes e 249 novos casos de Covid-19

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta segunda-feira a existência de 1.843 mortes e 60.507 casos de Covid-19 em Portugal, desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.840 para 1.843, mais 3 do que no domingo. As vítimas mortais são da região de Lisboa e Vale do Tejo.

O número de infetados aumentou de 60.258 para 60.507, mais 249. O maior aumento de casos registou na região norte: há mais 133 infetados, segue-se Lisboa e Vale do Tejo com mais 85.

As vacinas mais promissoras no combate à Covid-19

Laboratórios por todo o mundo estão numa corrida contra o tempo para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus. Há dezenas de equipas a testar várias candidatas a vacina, algumas estão mais avançadas e são promissoras, mas os cientistas avisam que nenhuma deverá estar pronta antes do fim deste ano.

Segundo o London School of Hygiene & Tropical Medicine, (que tem um gráfico que mostra o progresso das experiências) há 239 projetos e 8 estão na fase de ensaios clínicos - que consiste na inoculação da vacina em milhares de voluntários a fim de determinar se impede de facto a infeção.

Os resultados mais encorajadores vêm da Pfizer e da BioNTech, da Moderna, do projeto entre a Universidade de Oxford e a AstraZeneca e de vários projetos chineses, nomeadamente da CanSinoBIO que já obteve autorização para administrar a vacina em militares chineses.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global