UEFA Euro 2020: Seleções e Grupos

Griezmann sobe ao pódio dos goleadores da história dos Europeus

Tibor Illyes

Junta-se ao icónico inglês Alan Shearer no terceiro lugar.

O francês Antoine Griezmann juntou-se este sábado ao inglês Alan Shearer no terceiro lugar dos marcadores da história das fases finais do Europeu de futebol, ao apontar o sétimo tento, face à Hungria (1-1), em Budapeste.

'Rei' dos goleadores na edição de 2016, com seis tentos, o jogador do FC Barcelona, de 30 anos, estreou-se a marcar no UEFA Euro 2020, depois de ter ficado em 'branco' na estreia dos gauleses, que venceram a Alemanha (1-0) com um autogolo.

Griezmann faturou aos 66 minutos, restabelecendo a igualdade, num jogo em que os anfitriões marcaram primeiro, aos 45+2, por Attila Fiola.

Na tabela dos goleadores em Europeus, o líder isolado é o português Cristiano Ronaldo, que chegou aos 11 tentos na terça-feira, ao 'bisar' face à Hungria (3-0), deixando para trás o francês Michel Platini.

O 'capitão' luso, de 36 anos, já tinha marcado nas anteriores quatro fases finais em que participou: dois golos em 2004, um em 2008, três em 2012 e três em 2016.

Por seu lado, o ex-presidente da UEFA segue isolado no segundo lugar da tabela, com nove tentos, apontados nos cinco jogos que efetuou na edição de 1984.

Com a subida de Griezmann ao terceiro posto, em igualdade com Shearer, que marcou cinco golos em 1996 e dois em 2000, um sexteto, incluindo o português Nuno Gomes, caiu do quarto para o quinto posto.

O ex-futebolista internacional luso, que passou por Boavista, Benfica e Fiorentina, apontou quatro golos em 2000, um em 2004 e um em 2008.

VISITE O ESPECIAL UEFA EURO 2020