Sporting campeão

Os três magníficos do Sporting

Podiam ser sete magníficos, como no filme, ou até mais, porque todo o plantel leonino contribuiu para a conquista do título de campeões, mas em destaque estão três nomes: Sebastián Coates, Matheus Nunes e Pedro Gonçalves. Em vários momentos do campeonato foram responsáveis pela conquista de pontos.

Gualter Fatia

Sebastián Coates, o capitão

Sebastián Coates Nion nasceu a 7 de outubro de 1990, em Montevideu, no Uruguai. A família diz que desde que aprendeu a andar que se fazia acompanhar de uma bola. A sua paixão era o futebol e, aos poucos, preparou-se para seguir o sonho de ser jogador.

Aos 11 anos, conseguiu convencer os pais a deixarem-no tentar a sorte no Clube Nacional de Futebol de Montevideu. No início, admite, as coisas não foram fáceis, mas acabou por conquistar o título e a braçadeira de capitão. Chegou à 1.ª divisão do Nacional de Futebol Clube, com a bagagem do percurso percorrido no clube e nas seleções de sub-17 e sub-20.

No final de 2009, foi chamado, pela primeira vez, à seleção principal do Uruguai, mas foi em junho de 2011 que jogou os primeiros minutos num encontro amigável com a Estónia. Poucos dias depois, ficou a saber que fazia parte da equipa que representaria o Uruguai na Copa América que se disputaria na Argentina.

Em agosto de 2011, deixou a cidade natal para assinar contrato com o Liverpool, em Inglaterra. Em 2015, mudou-se para o Sporting, inicialmente por empréstimo, antes de assinar em fevereiro de 2017. Assumiu-se como um dos patrões no eixo da defesa leonina.

Vencedor da Taça de Portugal e de três Taças da Liga, é o atual capitão de equipa e conta já com mais de duas centenas de jogos de leão ao peito.

Golos de Sebastián Coates que garantiram vitórias

GIL VICENTE 1-2 SPORTING

O Gil Vicente marcou o primeiro golo do jogo aos 36 minutos. Coates começou a escrever a reviravolta do resultado aos 83 minutos.

O defesa central uruguaio sentenciou a partida aos 90+1 e garantiu três pontos ao Sporting, numa vitória muito “suada”.

SPORTING 2-1 SANTA CLARA

O Sporting adiantou-se no marcador aos 22 minutos com um golo de Pedro Gonçalves. O Santa Clara empatou o jogo aos 84 minutos. Quando já se pensava no empate, foi novamente o capitão do Sporting com a sua “garra” a marcar o golo da vitória aos 90+3 minutos.

Sebastián Coates garantiu seis pontos ao Sporting e fez um bis.

Matheus Luiz Nunes, até 2025 no Sporting

Matheus Luiz Nunes nasceu a 17 de agosto de 1998, no Rio de Janeiro, no Brasil, mas mudou-se para Portugal, aos 13 anos, com a mãe e o padrasto, que é português.

Carlos Rodrigues

Começou no Ericeirense, enquanto trabalhava ao mesmo tempo numa padaria. Treinou um ano sem autorização para competir, por falta de documentação necessária. Mesmo assim, trabalhava como se o objetivo fosse integrar o onze em cada jogo. Na época seguinte já conseguiu competir.

Em 2018, já com 20 anos, foi contratado pelo Estoril. Primeiro, integrou os sub-23, depois passou também a jogar na equipa principal.

O Sporting garantiu a sua contratação em janeiro de 2019. O médio estreou-se na equipa principal como titular em junho de 2020 e conquistou o seu primeiro título de leão ao peito.

Matheus já renovou com o clube de Alvalade até 2025. O Sporting também confirmou que adquiriu 100% do passe do jogador por 450 mil euros - antes o clube só tinha 50%, a outra parte pertencia ao Estoril.

Golos de Matheus Nunes decisivos

SPORTING 1-0 BENFICA

O Sporting venceu o Benfica num dérbi disputado em Alvalade a contar para a 16.ª jornada da I Liga.

Matheus Nunes jogou de início. E em tempo extra marcou o golo que garantiu 3 pontos.

SP. BRAGA 0-1 SPORTING

Matheus Nunes substituiu Paulinho no início da segunda parte. O Sporting jogava com menos um jogador (Gonçalo Inácio foi expulso aos 18 minutos) e a 10 minutos do final do tempo regulamentar, Matheus Nunes, após assistência de Porro, (na sequência de um livre longe da grande área adversária) fugiu à defesa “minhota” e colocou a bola no fundo da baliza. Garantiu mais três pontos para o Sporting.

Matheus Nunes garantiu seis pontos frente aos "grandes"

NurPhoto

Pedro Gonçalves, o "pote" de golos

Pedro António Pereira Gonçalves nasceu a 28 de junho de 1998 em Vidago. Foi no clube da terra, onde a mãe era roupeira, que deu os primeiros passos no futebol.

Batizado de "Potinho" na terra natal, por ser pequenino e gordinho, haveria de transformar-se em "Pote" em Braga, já depois de ter batido todos os recordes de golos da Associação de Futebol de Vila Real, ao serviço do Chaves.

Tinha 11 anos quando foi sozinho para Braga. Aos 17 ainda tinha contrato de formação, por isso quando o Valência de Espanha, então treinador por Nuno Espírito Santo, lhe ofereceu um contrato profissional, nem pensou duas vezes.

Internacional pelas seleções jovens de Portugal e com passagens pelo Valência e Wolverhampton, deu nas vistas em Famalicão na temporada passada e chegou ao Sporting, com um contrato de cinco temporadas.

Os "leões" pagaram 6,5 milhões de euros, mais objetivos por 50% do passe. Assinou até 2025, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Golos decisivos para as contas do Sporting

SANTA CLARA 1-2 SPORTING

Pedro Gonçalves inaugurou o marcador aos 20 minutos. O Santa Clara empatou aos 42’ por intermédio de Thiago Santana.

Pedro Gonçalves voltou a fazer o gosto ao pé aos 81 minutos e garantiu a vitória para o Sporting.

SPORTING 2-1 MOREIRENSE

O Moreirense marcou o primeiro golo em Alvalade. Luís Neto fez auto-golo aos 3 minutos. Pedro Gonçalves não esperou muito e aos 8 fez o golo do empate.

Pedro Gonçalves não quis ficar por ali e voltou a garantir mais uma vitória com um golo aos 75 minutos.

MARÍTIMO 0-2 SPORTING

Pedro Gonçalves novamente em evidência. Neste caso não foi preciso correr atrás do prejuízo. Pedro Gonçalves marcou os dois golos da partida aos 9 e 57 minutos.

FARENSE 0-1 SPORTING

O Sporting venceu o Farense pela vantagem mínima de um golo, suficiente para garantir mais três pontos, num jogo a contar para a 27.ª jornada do campeonato.

O único golo da partida foi marcado por Pedro Gonçalves aos 35 minutos.

Com esta vitória, os "leões" ficam provisoriamente com mais nove pontos do que o segundo classificado, FC Porto.

Pedro Gonçalves garantiu 12 pontos para o Sporting. Fez quatro "bis", marcou em cinco jogos consecutivos e foi o melhor marcador da primeira volta do campeonato (até à 17ª jornada) com 14 golos marcados.

Os novos campeões nacionais

Veja também:

Especial Sporting Campeão

  • 1:21