Mundo

Tempestade tropical Ian pode atingir a Carolina do Sul esta sexta-feira

Loading...

Quase dois milhões de casas na Florida ficaram sem eletricidade.

Um dos furacões mais fortes da última década deixou partes do estado da Florida submersas e sem eletricidade. O Ian desceu à categoria de tempestade, mas antecipa-se que volte a causar devastação noutros estados norte-americanos.

Já na categoria de tempestade tropical, Ian deverá desviar-se da costa leste da Florida e regressar ao Atlântico. Seguirá depois para o norte na Carolina do Sul, onde deverá voltar a atingir terra firme na tarde desta sexta-feira.

A sua passagem pela Florida deixa avultados danos: quase dois milhões de lares ficaram sem eletricidade, vários feridos e pelo menos 20 pessoas estão desaparecidas devido ao naufrágio de uma embarcação de migrantes cubanos.

Quando o furacão atingiu a costa sul da Florida, as rajadas de vento ultrapassaram os 240 quilómetros por hora e as chuvas causaram inundações com mais de cinco metros. Umas das zonas costeiras mais atingidas foi Fort Myers. Os estúdios e a redação da delegação local da CBS não escaparam à subida das águas e a emissão teve de ser interrompida.

Mais de 2,5 milhões de pessoas receberam ordens para abandonar as casas em 18 condados no sudoeste da Florida. As autoridades avisaram que as condições eram demasiado adversas para que as equipas de emergência pudessem sair em socorro dos habitantes. Até os caçadores de furacões admitem ter sido surpreendidos.

Quase 21 milhões de pessoas vivem nas zonas que podem ser afetadas por apagões e inundações nas próximas horas. A tempestade move-se lentamente, provocando uma maior concentração de chuva e as inevitáveis cheias.

Últimas Notícias
Mais Vistos