País

Último adeus a Otelo Saraiva de Carvalho foi reservado à família

O corpo do militar e estratega da Revolução dos Cravos será cremado.

O funeral de Otelo Saraiva de Carvalho realiza-se esta quarta-feira. Depois de uma cerimónia privada, o cortejo fúnebre partiu da capela da Academia Militar, em Lisboa, para o crematório de Cascais.

O último adeus a Otelo Saraiva de Carvalho ficou reservado à família. No exterior, sucederam-se homenagens e agradecimentos.

A decisão de não decretar luto nacional, por não ter acontecido com outros militares de Abril, como justifica o Governo, continua a ser controversa e magoa quem esteve com Otelo no Movimento das Forças Armadas.

Ao final da manhã, o cortejo fúnebre do militar e estratega da Revolução dos Cravos partiu para o crematório de Cascais, em Alcabideche.

Veja mais: