Coronavírus

Loulé realiza testes para despistagem da Covid-19 a todo o pessoal da rede pré-escolar

NUNO VEIGA

Foi detetada a infeção numa funcionária de creche em Quarteira.

Especial Coronavírus

A Câmara de Loulé vai realizar testes para despistagem da covid-19 a todos os educadores e pessoal auxiliar da rede pré-escolar do concelho, depois de ser sido detetada a infeção numa funcionária de uma creche, anunciou hoje a autarquia.

"Estima-se que ao todo serão testadas cerca de 460 pessoas, entre todo o pessoal docente e não docente da rede de pré-escolar, em todos os seus segmentos, público, privado e solidário", indicou em comunicado a Câmara de Loulé, no distrito de Faro.

A decisão da autarquia foi tomada no dia em que foi encerrada uma creche em Quarteira, após ter sido reportado, na quinta-feira, um caso positivo de covid-19 numa funcionária do estabelecimento de ensino.

Fonte da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve disse à Lusa que foram já realizados testes a 30 funcionários daquela instituição - pertencente à Fundação António Aleixo -, que se revelaram negativos.

Ao longo do dia de hoje, os restantes funcionários da creche estão a ser submetidos a testes de despistagem, sendo que as crianças "não vão ser testadas", indicou a fonte da ARS/Algarve.

A autoridade de saúde vai avaliar durante o fim de semana se a creche reabrirá durante a próxima semana.

A Câmara de Loulé assegurou que foram tomadas todas as medidas que "se entendem como as mais adequadas para proteger as crianças, os educadores e demais pessoal da instituição onde funciona a creche em causa, de acordo com as determinações das autoridades de saúde pública".

Segundo a autarquia, desde o início da pandemia, o concelho de Loulé registou um número acumulado de 103 casos positivos de covid-19, dos quais 16 encontram-se ativos.

Este é a segunda creche no Algarve a encerrar depois de na segunda-feira ter sido detetado um caso positivo de covid-19 num estabelecimento na freguesia de Santa Bárbara de Nexe, no concelho de Faro.

A infeção foi detetada numa criança de dois anos, cuja mãe também estava infetada.

Os estabelecimentos de educação pré-escolar reabriram em 01 de junho com novas regras, à semelhança das creches e escolas secundárias, depois de terem sido encerradas em 16 de março devido à pandemia de covid-19.

7 mortes e 310 novos casos de Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de 1.504 mortes e 35.910 casos de Covid-19 em Portugal, desde o início da pandemia.

O número de óbitos subiu, de ontem para hoje, de 1.497 para 1.504, mais 7, enquanto o número de infetados aumentou de 35.600 para 35.910, mais 310, o que representa um aumento de 0,87%

O número de casos recuperados subiu de 21.742 para 22.002, mais 260.

Há 415 doentes internados, menos dois em relação a ontem. 70 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos, o mesmo número de quarta-feira.

Mais de 421 mil mortos e cerca de 7,5 milhões infetados em todo mundo

A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 421.691 pessoas e infetou mais de 7,5 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.

De acordo com os dados recolhidos pela agência de notícias francesa até às 12:00 de Lisboa, já morreram pelo menos 421.691 pessoas e há mais de 7.529.190 casos de infeção em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan.

Pelo menos 3.361.200 foram considerados curados pelas autoridades de saúde.

Os países mais atingidos:

  • Estados Unidos, com 113.820 mortes e 2.023.147 infeções.
  • Reino Unido, com 41.279 mortes em 291.409 casos
  • Brasil com 40.919 mortes (802.828 casos
  • Itália com 34.167 mortes (236.142 casos)
  • França com 29.346 mortes (192.364 casos).
  • China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), com 83.064 casos (sete novos entre segunda-feira e hoje) e manteve o número de mortes (4.634). Há 78.365 pessoas que foram dadas como curadas.

Às 12:00 de Lisboa, a Europa totalizava 186.453 mortes e 2.355.474 casos, os Estados Unidos e Canadá 121.870 mortes (2.120.877 casos), América Latina e Caraíbas 74.320 mortes (1.520.169 casos), Ásia 21.805 mortes (782.699 casos), Médio Oriente 11.208 mortes (524.433 casos), África 5.904 mortes (217.590 casos) e Oceânia 131 mortes (8.671 casos).

Links úteis

Mapa com os casos a nível global

  • 2:34