Coronavírus

Agência Europeia de Medicamentos recomenda antiviral Remdesivir em doentes Covid-19

Medicamento Remdesivir

POOL New

Já está a ser usado em Portugal.

Especial Coronavírus

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) recomendou hoje uma autorização de mercado na União Europeia (UE) para o antiviral Remdesivir para tratamento de doentes com covid-19, que é já utilizado em Portugal.

A recomendação do comité para medicamentos para uso humano da EMA destina-se ao uso de Remdesivir em doentes com covid -19 adultos e jovens com mais de 12 anos e que sofram ainda de pneumonia e necessitem de receber oxigénio.

A Comissão Europeia aprovará ou não a recomendação da agência na próxima semana.

“O Remdesivir é o primeiro medicamento contra a covid-19 com recomendação para ser usado na UE”, segundo um comunicado da AEM, salientando que os estudos feitos demonstram que os doentes que o receberam se restabeleceram quatro dias mais rápido do que os outros casos graves de covid-19.

O medicamento já é utilizado em Portugal, sob condições estritas.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, confirmou já a utilização do medicamento Remdesivir em pacientes com covid-19 em Portugal.

Portugal com 6 mortes e 311 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de 1.549 mortes e 40.415 casos de Covid-19 em Portugal, desde o início da pandemia.

O número de óbitos subiu, de ontem para hoje, de 1.543 para 1.549, mais seis em relação a ontem, enquanto o número de infetados aumentou de 40.104 para 40.415, mais 311, o que corresponde a um aumento de 0,8%.

Há 436 doentes internados, mais sete em relação a ontem. 67 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos, menos seis face a quarta-feira.

O número de casos recuperados subiu de 26.083 para 26.382, mais 299.

Pelo menos 482 mil mortos e mais de 9,4 milhões de infetados em todo mundo

A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 482.802 pessoas e infetou mais de 9.450.110 em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan. segundo um balanço da agência AFP até às 11:00 de Lisboa.

Pelo menos 4.672.300 casos foram considerados curados pelas autoridades de saúde.

Os países mais atingidos:

  • Estados Unidos, com 121.979 mortes e 2.381.369 casos
  • Brasil com 53.830 mortes e 1.188.631 casos
  • Reino Unido com 43.081 mortes (306.862 casos)
  • Itália com 34.644 mortes (239.410 casos)
  • França com 29.731 mortos (197.755 casos).
  • China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) com 83.449 casos e 4.634 mortes.

A Europa totalizou 194.459 mortes para 2.585.203 casos, Estados Unidos e Canadá 130.509 mortes (2.483.610 casos), América Latina e Caraíbas 103.188 mortes (2.229.860 casos), Ásia 31.251 mortes (1.123.774 casos), Médio Oriente 14.441 mortes (681.857 casos), África 8.821 mortes (336.813 casos) e Oceânia 133 mortes (8.999 casos).

300 voluntários iniciaram testes à vacina da Covid-19 no Reino Unido

Depois da Universidade de Oxford, o Imperial College iniciou os testes clínicos à vacina contra a Covid-19 em 300 voluntários. Numa segunda fase, que será iniciada, em outubro, o ensaio será feito a 6 mil pessoas.

Se os resultados forem animadores, os investigadores esperam colocar a vacina no mercado já no início do próximo ano.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global