Coronavírus

Covid-19. DGS desaconselha refeições com amigos ou familiares que não são do agregado familiar

A Direção-Geral da Saúde considera as refeições um momento crítico de contágio da covid-19.

Especial Coronavírus

Na conferência de imprensa onde analisou os dados da pandemia em Portugal, Graça Freitou apelou às pessoas para não fazerem refeições com amigos ou familiares que não são do agregado familiar.

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais 63 mortos relacionados com a covid-19, o maior número de casos num só dia desde o início da pandemia, e 4.096 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Desde domingo foram internadas em enfermaria mais 129 pessoas, contando-se agora 2651 internamentos, e mais 13 em unidades de cuidados intensivos, onde estão 391 pessoas.

PORTUGAL EM ESTADO DE EMERGÊNCIA

Portugal entrou esta segunda-feira em estado de emergência, desde as 00h00 até 23 de novembro, para combater a pandemia, impondo entre outras medidas o recolher obrigatório noturno em 121 concelhos com mais casos de infeção.

Esta medida de proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00 em dias de semana e, nos próximos dois fins de semana, a partir das 13h00 é aplicada nos 121 concelhos considerados de risco elevado de transmissão de Covid-19.

Entre estes municípios, que abrangem 70% da população residente, incluem-se todos os concelhos das Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto.

A medida foi aprovada em Conselho de Ministros extraordinário realizado no sábado à noite e prevê exceções como deslocações para o trabalho, regresso ao domicílio, situações de emergência, passeio higiénico na proximidade da habitação ou passeio de animais, entre outras.

Consulte aqui todas as novas medidas

Veja também:

  • 1:41