UEFA Euro 2020

Costa diz que é nos "momentos mais difíceis" que é preciso puxar pela seleção

HUGO DELGADO

O primeiro-ministro assistiu em Munique à derrota da seleção com a Alemanha, por 4-2, para o UEFA Euro 2020.

O primeiro-ministro, António Costa, desejou este sábado força à seleção portuguesa de futebol, dizendo que "é nos momentos mais difíceis" que é preciso puxar pelos jogadores nacionais.

"A seleção de Portugal demonstrou capacidade de luta e entrega até ao último segundo. É com esse espírito que estou certo vamos encarar os próximos jogos", afirmou António Costa, numa mensagem publicada na sua conta oficial na rede social Twitter.

O primeiro-ministro, que assistiu em Munique à derrota da seleção com a Alemanha, por 4-2, deixou uma mensagem para o resto da competição.

"É nos momentos mais difíceis que temos de puxar pela nossa seleção. Força Portugal!", desejou.

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu este sábado para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, em Munique.

Cristiano Ronaldo, aos 15 minutos, e Diogo Jota, aos 67, foram os autores dos golos lusos, mas, pelo meio, Rúben Dias, aos 35, e Raphaël Guerreiro, aos 39, ambos na própria baliza, Kai Havertz, aos 51, e Robin Gosens, aos 60, marcaram para os alemães.

Na classificação, Portugal, que na quarta-feira defronta a França, em Bucareste, é terceiro, com três pontos, os mesmos da Alemanha, segunda, e menos um do que a líder França, enquanto a Hungria é quarta, com um, depois do 1-1 com os gauleses.

VISITE O ESPECIAL UEFA EURO 2020