Vacinar Portugal

8600 pessoas estão por vacinar nos lares de idosos, entre utentes e funcionários

Responsáveis exigem ao Estado regras claras para os trabalhadores que recusam a vacina.

A Direção-geral da Saúde reduziu de 6 para 3 meses o tempo de espera para a vacinação dos funcionários e utentes de lares que tenham sido infetados com covid 19.

Os responsáveis pelas instituições estão preocupados com os mais recentes surtos e exigem ao Estado regras claras para os trabalhadores que recusam a vacina.

8600 pessoas estão por vacinar nos lares de idosos, entre utentes e funcionários. Deste universo, cerca de 4500 estiveram infetadas com covid 19.