Coronavírus

Principais Ligas europeias de futebol suspensas

(Arquivo)

Liga alemã vai propora adiamento.

Especial Coronavírus

O futebol francês juntou-se a Portugal, Espanha e Itália, e comunicou hoje a paragem dos seus campeonatos profissionais de futebol, devido ao Covid-19, e um dia depois de o presidente Emmanuel Macron falar ao país.

A decisão foi tomada hoje em reunião extraordinário do conselho de administração da 'Ligue' e suspende já a próxima jornada, que se iniciava hoje com a receção do Lyon, de Anthony Lopes, ao Reims.

De acordo com a Liga francesa, os campeonatos da primeira e segundas divisões "param até nova ordem", depois de se entender que jogar à porta fechada não seria suficiente, face à inquietude de treinadores e jogadores.

"Como explicou ontem [quinta-feira] o presidente da República, o interesse coletivo deve ser colocado acima de tudo. A urgência de hoje é a de conter a epidemia, proteger os mais vulneráveis e evitar saídas", refere a Liga francesa, adiantando que voltará a reunir após a reunião agendada com a UEFA, na terça-feira.

Premier League suspensa por um mês

A Liga inglesa de futebol vai parar até 3 de abril, devido à pandemia do Covid-19, com o cenário a colocar-se após os casos positivos do treinador Mikel Arteta (Arsenal) e do futebolista Callum Hudson-Odoi (Chelsea).

"No seguimento de uma reunião hoje com os associados, foi decidido de forma unânime suspender a 'Premier League', com a intenção de regressar em 04 de abril, hipótese a avaliar com conselho médico e condições verificadas no momento", refere em comunicado a Liga inglesa.

As competições a parar incluem também, além dos campeonatos profissionais, os jogos da Taça e da Liga feminina.

Liga alemã vai propor paragem até abril

A Liga alemã de futebol anunciou hoje que irá propor na segunda-feira uma interrupção total dos campeonatos da primeira e segundas divisões até 2 de abril, devido ao Covid-19.

"A presidência da DFL irá propor na segunda-feira na assembleia-geral a interrupção dos jogos das duas ligas, a partir de terça-feira e até 02 de abril, inclusive, após as datas internacionais", indicou a Bundesliga em comunicado.

Em relação aos jogos da 26.ª jornada, agendados entre hoje e segunda-feira, mantêm-se, mas sob reserva e até alerta das autoridades sanitárias.

"A DFL e os clubes estão em contacto permanente com o ministro federal da saúde e das autoridades locais. A regra é que as recomendações dadas devem ser seguidas", adianta o comunicado.

O organismo diz ainda que o objetivo é chegar "ao final da época antes do verão, por razões desportivas", lembrando que uma paragem definitiva da época colocará "em perigo a sobrevivência de alguns clubes".

Um prolongamento da época implicará um adiamento ou anulação do Europeu de futebol de 2020, competição que estará na discussão na reunião, por videoconferência, de terça-feira entre a UEFA e as 55 federações membro.

Na Alemanha, as decisões competem os governos regionais, com os jogos da Bundesliga agendados entre hoje e segunda-feira, mas à porta fechada.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

Veja também:

  • 380 mortos e mais de 13 mil casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 380 mortes e 13.141 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 35 óbitos e 699 infetados em relação a ontem. A região Norte continua a ser a mais afetada, com 7.386 casos e 208 vítimas mortais. Há mais doentes internados mas menos casos em Unidades de Cuidados Intensivos, uma redução que se regista pela primeira vez desde o início da pandemia. Siga aqui ao minuto as últimas informações.

    Direto

    SIC Notícias

  • Especialistas dizem que contenção está a resultar em Portugal
    3:31