Coronavírus

Covid-19. Ministro da Educação quer escolas preparadas para ensino à distância

JOSÉ SENA GOULÃO

Um e-mail enviado por Tiago Brandão Rodrigues pede às escolas estejam prontas para o ensino não presencial.

Saiba mais...

O Governo avisou as escolas para prepararem o regresso ao ensino à distância. O ministro da Educação enviou um e-mail aos estabelecimentos de ensino no dia em que as atividades letivas foram suspensas.

Segundo o Jornal de Notícias, Tiago Brandão Rodrigues pediu que as escolas estivessem prontas para ativar o ensino não presencial. O jornal esclarece, no entanto, que a nota enviada continha várias informações redundantes e não consiste uma decisão.

Um inquérito da confederação independente de pais e encarregados de educação revela que 84% dos países preferem, nesta altura, que os filhos regressem ao ensino à distância.

Desde a passada sexta-feira, foi decretada uma interrupção letiva no ensino português, tendo sido proibido o ensino à distância, quer em escolas públicas quer nos colégios privados.