Os números da Covid-19

Portugal com mais 1 morte e 1.183 novos casos de covid-19 em 24 horas

Mais de metade dos novos casos de infeção registados na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Portugal contabiliza este sábado 1 morte e 1.183 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Mais de metade dos novos casos de infeção (761) foram, mais uma vez, registados na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17 062 mortes e 864 109 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 27 723 casos, mais 298 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 389 doentes, menos 2 do que ontem.

Nos cuidados intensivos estão 99 doentes, mais 5.

Os dados indicam ainda que mais 884 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 819 324 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 37 701 contactos, mais 1.026 relativamente ao dia anterior.

A taxa de incidência nacional é de 100,2 casos de infeção por 100 000 habitantes. No continente é de 100,2 casos de infeção por 100 000 habitantes.

O R(t) nacional é de 1.14, do continente é de 1.15.

Dados por região

Na região de Lisboa e Vale do Tejo contam-se até agora 330.396 casos de infeção e 7.237 mortes com covid-19.

A região Norte tem hoje 181 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 343.381 casos de infeção e 5.361 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 87 casos, acumulando-se 120.935 infeções e 3.025 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 36 casos, totalizando 30.622 infeções e 972 mortes desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim de hoje revela que foram registados 71 novos casos, e um óbito, acumulando-se 22.011 infeções e 365 mortos.

A região Autónoma da Madeira registou 10 novos casos, totalizando 9.837 casos e 69 mortes com covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje 37 novos casos e contabilizam 5.927 casos e 33 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Dados por género e faixa etária

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 470.457 mulheres e 393.242 homens, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 410 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.956 eram homens e 8.106 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

É proibido entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

Este é o primeiro fim de semana em que é proibido entrar e sair da área metropolitana de Lisboa.

A medida foi tomada pelo Governo para conter a transmissão da covid 19 e está a ter impacto na circulação nas estradas e no fluxo de passageiros nas principais estações.

Enfermarias e cuidados intensivos em alerta para o aumento do número de casos de covid-19

O secretário de Estado da Saúde insiste que as medidas adotadas na área metropolitana de Lisboa são justificadas, tendo em conta a evolução da pandemia na região.

Esta manhã, em Chaves, António Lacerda Sales anunciou que há enfermarias e unidades de cuidados intensivos de prevenção para o caso de um aumento do número de internamentos.

O primeiro-ministro assume que o contágio na região de Lisboa é um problema e apela ao cumprimento das regras.

TRABALHO, SAÚDE OU MOTIVOS FAMILIARES SÃO EXCEÇÕES À CIRCULAÇÃO DE E PARA A AML

Já estão em vigor as proibições de circulação de e para a área metropolitana de Lisboa durante o fim de semana.

Mais de 3,8 milhões de mortos no mundo

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos,3.844.390 mortos no mundo, resultantes de mais de 177 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

A grande maioria dos pacientes recupera, mas uma parte evidencia sintomas por várias semanas ou até meses.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global