Mundo

Mãe de Gabby Petito exige que Brian Laundrie se entregue

Handout .

Nichole Schmidt diz estar a ficar "irritada".

Brian Laundrie, o namorado de Gabby Petito, continua desaparecido depois de ter regressado sozinho a casa, a 1 de setembro, 10 dias antes da família ter participado à polícia o desaparecimento da jovem.

O rapaz, de 23 anos, contratou um advogado e recusou-se a falar com as autoridades e a colaborar com a investigação. Está, neste momento, em parte incerta, depois de ter dito aos familiares que ia dar um passeio numa reserva natural perto de casa.

A mãe de Gabby Petito, Nichole Schmidt, admitiu estar a ficar "irritada" porque Brian Laundrie, provavelmente a última pessoa que viu a filha com vida, continua desaparecido.

Através do Twitter, Nichole Schmidt apelou a Brian Laundrie que se entregue, referindo que o pai de Gabby, Joseph Petito, concordava com ela.

Gabby Petito e o namorado estavam a fazer uma viagem de carro pelos Estados Unidos quando a jovem de 22 anos desapareceu. A última vez que Gabby falou com a família foi no final de agosto.

O corpo de Gabby Petito foi encontrado, a 19 de setembro, numa zona remota da floresta, no Parque Nacional de Grand Teton, a cerca de 300 metros do local onde, no final de agosto, testemunhas viram a carrinha do namorado.

O médico legista confirmou que se tratou de um homicídio, mas só as conclusões finais poderão revelar a causa da morte de Petito.

Gabby admite que Brian a agrediu em vídeo divulgado pela polícia

A semana passada foram divulgadas novas declarações de Gabby Petito à polícia do Utah, quando a 12 de agosto, as autoridades mandaram parar a carrinha onde ela e o namorado viajavam, depois da denúncia dos ocupantes de outro veículo, que viram uma grande discussão entre os jovens.

Neste novo pedaço do vídeo, Gabby admite que Brian a agrediu e, por isso, voltaram-se a levantar críticas à atuação da polícia que, perante estas declarações, os deixou prosseguir viagem sem investigar, mais a fundo, o que se poderia estar a passar entre o casal.

Entre os vários testemunhos que foram surgindo, um dá conta de uma discussão num restaurante, onde Brian terá sido muito agressivo, e outra num parque natural. Há também uma chamada para o 112 na qual uma testemunha conta ter visto um jovem a esbofetear a namorada.

O FBI emitiu um mandado de detenção para Brian não pelo homicídio da namorada, mas por uso fraudulento do seu cartão de débito em mais de mil dólares, entre 30 de agosto e 1 de setembro.

Repórteres olham para um rio, que passa junto à entrada da Reserva Carlton, na Flórida, durante as buscas por Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito.

Repórteres olham para um rio, que passa junto à entrada da Reserva Carlton, na Flórida, durante as buscas por Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito.

Phelan M. Ebenhack

O jovem quando saiu de casa dos pais não levou telemóvel, nem carteira e disse que ia para a Reserva Natural de Carlton, na Flórida. É lá que as autoridades o procuram há vários dias com cães pisteiros, drones e helicópteros.

As autoridades continuam a investigar factos e circunstâncias e apelam à colaboração de quem souber do envolvimento ou paradeiro de Brian Laundrie para contactar o FBI.

VEJA TAMBÉM: