Presidenciais

Campanha de Ventura lamenta abstenção “que se compreende face à pandemia”

Rui Paulo Sousa, mandatário nacional e diretor de campanha de André Ventura, reage às projeções.

O diretor de campanha de André Ventura, candidato às eleições Presidenciais, reagiu este domingo às primeiras projeções que apontam para uma abstenção entre os 56 e 60%, valores que representam uma subida face a 2011 (53,5%) e 2016 (51,3%).

O mandatário nacional lamenta os números, apontando-os como dos maiores que “tivemos até agora”, mas explica que é compreensível dada à pandemia e ao confinamento. Rui Paulo Sousa remete mais declarações para quando saírem novos dados.

Taxa de abstenção nas eleições presidenciais em Portugal:

  • 1976: 24,6%
  • 1980: 15,8%
  • 1986: 21,8
  • 1991: 38%
  • 1996: 33,6%
  • 2001: 50%
  • 2006: 38,5%
  • 2011: 53,5%
  • 2016: 51,3%

AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS AO MINUTO

AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS EM DIRETO

VEJA TAMBÉM:

PERFIL DOS CANDIDATOS