UEFA Euro 2020: Seleções e Grupos

Euro 2020. Croácia: vice-campeã mundial à procura da glória europeia

Hassan Ammar

O perfil, o historial, momentos memoráveis e curiosidades sobre a presença da seleção croata no Campeonato da Europa.

Em 2021, a Croácia vai cumprir a sexta presença numa fase final do Euro. Chegou duas vezes aos quartos-de-final de um Campeonato da Europa.

Foi a equipa sensação do Mundial de 2018, ficando em segundo lugar, e agora espera chegar à final, no Estádio de Wembley, em Londres.

Selecionador: Zlatko Dalić

  • 54 anos;
  • Croata;
  • Comanda a seleção desde 2017;
  • Levou a seleção à final do Mundial 2018, onde acabou por perder para França.

Daniel Kasap

Convocados:

Guarda-redes: Dominik Livaković (Dinamo Zagreb), Lovre Kalinić (Hajduk Split), Simon Sluga (Luton)

Defesas: Šime Vrsaljko (Atlético Madrid), Borna Barišić (Rangers), Duje Ćaleta-Car (Marseille), Dejan Lovren (Zenit), Josip Juranović (Legia Warszawa), Domagoj Vida (Beşiktaş), Joško Gvardiol (Leipzig), Domagoj Bradarić (LOSC Lille), Mile Škorić (Osijek)

Médios: Mateo Kovačić (Chelsea), Luka Modrić (Real Madrid), Marcelo Brozović (Inter Milan), Milan Badelj (Genoa), Nikola Vlašić (CSKA Moskva), Mario Pašalić (Atalanta), Ivan Perišić (Inter Milan), Josip Brekalo (Wolfsburg), Mislav Oršić (Dinamo Zagreb), Luka Ivanušec (Dinamo Zagreb)

Avançados: Ante Rebić (AC Milan), Bruno Petković (Dinamo Zagreb), Ante Budimir (Osasuna), Andrej Kramarić (Hoffenheim)

Melhor desempenho no Euro:

A seleção croata chegou aos quartos-de-final em 1996 e 2008.

Presenças nas fases finais:

Esteve presente em cinco fases finais do Euro:

Jogadores com mais golos:

  • Mario Mandžukić, Davor Šuker (3)
  • Ivan Klasnić, Luka Modrić, Ivan Perišić (2)

Momentos memoráveis:

A Croácia perdeu com a Alemanha nos quartos-de-final do Euro 96. A vingança chegou na fase de grupos do Euro 2008, com Ivica Olić e Darijo Srna a conquistarem a vitória para a seleção croata frente à Alemanha, por 2-1.

O remate de Perišić aos 87 minutos garantiu a vitória por 2-1 frente à Espanha, detentora do título, na fase de grupos do Euro 2016. No entanto, a seleção croata foi eliminada por Portugal, que viria a tornar-se campeão, após prolongamento nos oitavos-de-final.

Hassan Ammar

O jogo dos quartos-de-final do Euro 2008 da Croácia frente à Turquia. Ivan Klasnić colocou a equipa em vantagem após 119 minutos de jogo, em Viena. No entanto, minutos depois a seleção turca fez o empate e a Croácia acabou por perder nos penáltis.

Action Images

Curiosidades:

► A seleção croata recuperou apenas de uma desvantagem para vencer um jogo no Euro. Em causa está o jogo frente à Espanha, no Euro 2016. A seleção espanhola estava a vencer com um golo de Álvaro Morata, mas Nikola Kalinić e Ivan Perišić marcaram e garantiram os três pontos para a equipa croata.

► Dois dos quatro golos marcados de cabeça pela Croácia no Euro foram feitos pelo mesmo jogador, no mesmo jogo. Mario Mandžukić bisou na vitória por 3-1 frente à República da Irlanda, no Euro 2012.

Darko Bandic

Luka Modrić precisou apenas de quatro minutos para marcar na sua estreia no Campeonato Europeu. Foi um penálti contra a anfitriã Áustria, em 2008. O jogador demorou oito anos para marcar o segundo golo em fases finais, no jogo inaugural, frente à Turquia, no Euro 2016.

Action Images

Calendário de jogos:

O Euro 2020 realiza-se entre 11 de junho e 11 de julho de 2021, depois de ter sido adiado um devido à pandemia de covid-19.

A Croácia está no Grupo D com Inglaterra, Escócia, República Checa.

Domingo, 13 de junho

  • Inglaterra - Croácia (14h00, Londres)

Sexta-feira, 18 de junho

  • Croácia - República Checa (17h00, Glasgow)

Terça-feira, 22 de junho

  • Croácia - Escócia (20h00, Glasgow)

Fonte: UEFA

Veja também:

ESPECIAL EURO 2020

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia