UEFA Euro 2020: Seleções e Grupos

Euro 2020. Suécia: sem Ibra, mas com ambição

Sergei Grits

O perfil, o historial, momentos memoráveis e curiosidades sobre a presença da seleção sueca no Campeonato da Europa.

Desde que recebeu o Euro 1992, a Suécia falhou apenas uma fase final de um Campeonato da Europa.

Em 2016, a seleção sueca teve apenas um golo marcado (e foi autogolo da equipa adversária) e ficou pela fase de grupos.

Após o Euro 2016, Zlatan Ibrahimovic, o melhor marcador da seleção, abdicou de jogar pelo conjunto nórdico. Voltou a vestir a camisola cinco anos depois e o Euro 2020 ia marcar o seu regresso, mas uma lesão afastou-o da lista de convocados.

Selecionador: Jan Andersson

  • 58 anos;
  • Sueco;
  • Comanda a seleção desde 2016.

Vadim Ghirda

Convocados:

Lista provisória de 26 jogadores:

Guarda-redes: Karl-Johan Johnsson (København), Kristoffer Nordfeldt (Gençlerbirliği), Robin Olsen (Everton)

Defesas: Emil Krafth (Newcastle United), Victor Lindelöf (Manchester United), Marcus Danielson (Dalian Yifang), Martin Olsson (Häcken), Ludwig Augustinsson (Werder Bremen), Pontus Jansson (Brentford), Filip Helander (Rangers), Mikael Lustig (AIK), Andreas Granqvist (Helsingborg)

Médios: Emil Forsberg (Leipzig), Ken Sema (Watford), Viktor Claesson (Krasnodar), Dejan Kulusevski (Juventus), Sebastian Larsson (AIK), Albin Ekdal (Sampdoria), Kristoffer Olsson (Krasnodar), Jens-Lys Cajuste (Midtjylland), Mattias Svanberg (Bologna), Gustav Svensson (Guangzhou)

Avançados: Marcus Berg (Krasnodar), Alexander Isak (Real Sociedad), Robin Quaison (Mainz), Jordan Larsson (Spartak Moskva)

Melhor desempenho no Euro:

A seleção sueca chegou às meias-finais em 1992.

Presenças nas fases finais:

Esteve presente em seis fases finais:

Jogadores com mais golos:

  • Zlatan Ibrahimović (6)
  • Henrik Larsson (4)
  • Tomas Brolin (3)

Momentos memoráveis:

No Euro 2004, em Portugal, a Suécia foi eliminada nos quartos-de-final pela seleção holandesa. O jogo foi a grandes penalidades, depois de a Suécia ter atirado duas bolas à trave, no prolongamento, pelos pés de Freddie Ljungberg e Henrik Larsson.

MICHAEL SOHN

Após a derrota com a anfitriã Ucrânia, em 2012, milhares de adeptos apareceram num treino para incentivar a equipa. No entanto, a Suécia voltou a perder e acabou por ser eliminada.

Sergei Grits

Curiosidades:

► A Suécia teve apenas um golo no Euro 2016 e foi um autogolo do irlandês Ciaran Clark.

► Os primeiros quatro primeiros golos da seleção sueca em fases finais do Euro foram marcados na mesma competição, no mesmo estádio e na mesma baliza. Aconteceu no Euro 1992, no Estádio de Råsunda, frente à França, Dinamarca e Inglaterra.

Action Images

► A Suécia nunca se tinha qualificado para uma fase final do Euro antes de ser anfitriã em 1992. Desde então, só falou uma vez, em 1996.

► Em 20 jogos de fases finais do Euro, a Suécia não marcou uma única vez a partir de um livre direto.

► Dos 25 golos da Suécia em fases finais do Euro, apenas um foi marcado com o pé esquerdo.

Calendário de jogos:

O Euro 2020 realiza-se entre 11 de junho e 11 de julho de 2021, depois de ter sido adiado um devido à pandemia de covid-19.

A Suécia está no Grupo E com Espanha, Polónia e Eslováquia.

Segunda-feira, 14 de junho

  • Espanha - Suécia (20h00, Sevilha)

Sexta-feira, 18 de junho

  • Suécia - Eslováquia (14h00, São Petersburgo)

Quarta-feira, 23 de junho

  • Suécia - Polónia (17h00, São Petersburgo)

Fonte: UEFA

Veja também:

ESPECIAL EURO 2020

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia